jovem usando um plano de estudos para aprender inglês

Aprenda como montar um plano de estudos de inglês e se organizar!

Já imaginou encontrar uma ferramenta que permita que você estude inglês de modo organizado e sem utilizar grande parte do seu tempo? Pois bem, saiba que ela existe e se chama plano de estudos personalizado!

E o mais importante: você mesmo pode montar um, pois entende melhor que ninguém sobre seus afazeres e sua rotina. A nossa missão, aqui, é dar dicas que facilitem a criação de um cronograma eficaz.

Pronto para resolver o problema de não conseguir estudar a língua inglesa? Siga a leitura deste post e anote as dicas!

Ouvir áudios

Tudo bem, sabemos que tirar tempo para escutar áudios não parece uma atividade tão motivadora. Mas e se for possível utilizar gravações de assuntos que são interessantes e tenham a ver com o seu perfil? Com certeza essa prática vai ficar bem mais divertida!

Atualmente, não há desculpas para se prender somente a áudios genéricos e/ou que acompanhem determinado cronograma de aulas. Há muitos materiais on-line de qualidade — basta vasculhar a rede para encontrar opções sobre inúmeros temas.

Aprender mais sobre um assunto do seu interesse enquanto adquire conhecimento na língua inglesa é uma atividade que você pode realizar no seu dia a dia sem muito sacrifício.

Estudar gramática

A gramática talvez seja o maior problema para quem deseja aprender inglês. Afinal, quando nos lembramos dela, logo vêm à mente várias regras que precisam ser memorizadas. O nosso idioma nativo e a sua infinidade de regras ajudam a manter essa impressão.

A boa notícia é que o inglês apresenta uma gramática mais descomplicada, o que já facilita a tarefa. Mesmo assim, o estudo de uma nova língua é um desafio para muitas pessoas, principalmente porque muitos métodos focam demais nesse conceito.

A solução, que deve estar presente no seu plano de estudos, é encontrar o equilíbrio entre estudar a gramática e os demais tópicos necessários para o aprendizado desse idioma importante para o mercado de trabalho e para a vida em geral.

Uma boa forma de fazer isso é separar um tópico por dia, que não abranja muito tempo (entre 15 e 20 minutos, por exemplo), e, aos poucos, juntar as peças.

Ler textos

Se a gramática representa um problema para muitos, com a leitura não é diferente. Infelizmente, nem todos mantêm esse hábito tão importante.

Mas saiba que estudar inglês é uma boa forma de criar ou ampliar essa prática, pois, durante o aprendizado, você precisará ler textos para se familiarizar com o idioma.

Dentro do plano de estudos, a leitura pode ser inserida a partir de diversas fontes: livros, revistas, sites etc. Inclusive, com a internet, é possível acessar os principais jornais de língua inglesa e uma infinidade de conteúdos publicados em inglês.

Integrar aprendizado e lazer

Utilizar o tempo livre é uma ótima forma de treinar inglês sem compromisso e, ao mesmo tempo, manter o plano de estudos diários. E como é possível fazer isso?

De várias maneiras, por exemplo: realizar exercícios físicos ou outras atividades ouvindo áudios em inglês, assistir a filmes e séries no novo idioma, buscar as traduções das suas músicas preferidas, entre outras práticas.

Você pode aproximar esse estudo da sua vida de maneira gradual, iniciando com áudios simples e, na sequência, avançar para níveis de inglês mais difíceis, assistir a filmes com legendas e, depois de um tempo, retirá-las e assim por diante.

Entender a importância do plano de estudos

Você deve ter em mente que o plano de estudos é muito eficaz para ajudar na programação do aprendizado de inglês. Todas as técnicas que vimos neste post, além de outras que podem ser inseridas no seu cotidiano, garantem a manutenção desse hábito.

Um bom planejamento reúne recursos formais e informais de aprendizado e, para que ele dê certo, é preciso ter disciplina. Para não perder o foco, faça com que seu cronograma seja funcional, mas também prazeroso. Aproveite as dicas deste post e monte já um plano de estudos de inglês eficaz e que pode ser aplicado facilmente na sua rotina!

Quais das práticas sugeridas aqui você achou mais interessante? Alguma delas já está presente no seu dia a dia? Deixe seu comentário, pois a troca de experiências é muito importante quando falamos de aprendizado!

Sem comentários

Cancelar